sexta-feira, 17 de junho de 2011

Bora pa iscola?

Eles acordam cedo, não usam uniforme e caminham tranquilamente.
No caminho tem tanta gente, já são 7h15 da manhã e o João ainda está escovando os dentes.
Esperam os amigos, passam na padaria, observam as coisas, não precisa ter pressa.
Se chegam atrasados, na portaria tem a dona Zézé que libera pra gente na base da conversa.

_Perdi a hora, trabalho muito, fiz atividades até tarde, estou com dor de dente.

_Meu pai não me acordou, ontem teve briga na minha casa, tive que fazer café, minha mãe tá doente.

_Essa professora de História fala demais, ditadura, militarismo, revolução.
Eles dizem não, chega de lorotas, levantar defunto do caixão.

_Silvana, Larissa e Pedro. Não conversem, prestem atenção na aula!
_Colé fessora. Fica na tua dona. Tem dois dias que a gente não se fala.

_Jamais vou comer aquela merenda porca, as cantineiras nem sabem cozinhar.
_O recreio é tão rápido, ta muito parado, coloca "música" pra agitar.

_Uai meu filho, Ja chegou da aula? Esse nosso sistema tá todo errado!
_Estamos sem professores e a partir de amanhã entraremos de greve por tempo indeterminado.

Nenhum comentário: